Não é mais novidade que estamos enfrentando uma grave crise na saúde pública mundial. No início, o Covid-19 era apontado como perigo apenas para pessoas idosas. Porém, o contágio e o número de mortes de pessoas com menos de 60 anos vem deixando essa fatia da população em estado de alerta. E a obesidade é o fator de risco para coronavírus mais relacionado à morte de jovens, segundo o Ministério da Saúde.

cálculo IMC

A obesidade é uma doença crônica, progressiva e recidivante, que, segundo a Organização Mundial da Saúde, atinge 600 milhões de adultos e 100 milhões de crianças ao redor do mundo, causando 4 milhões de mortes por ano. No Brasil, segundo o Ministério da Saúde, um em cada cinco habitantes são obesos e mais da metade da população já está acima do peso normal.

Além disso, o excesso de peso tem relação direta com outras doenças metabólicas crônicas, como diabetes tipo 2, doenças cardiovasculares, complicações pulmonares e hipertensão arterial. Esses também são fatores de grande risco entre pacientes com a forma mais grave de Covid-19.

obesidade e doenças cronicas

A obesidade também é responsável pela queda de imunidade. Em entrevista para o site UOL, Roberto Zagury, endocrinologista do Hospital Federal da Lagoa também aponta que, se uma pessoa obesa tem a doença causada pelo novo coronavírus, seu corpo passa a lutar contra dois quadros diferentes. “A obesidade é um processo crônico de baixo grau inflamatório e a covid-19 também causa processos inflamatórios. Ou seja, a gravidade pode ser maior para esse paciente”.

Por isso, mais do que nunca, os cuidados com a saúde e o controle do peso são extremamente necessários para afastar os perigos do novo corona vírus.

Além de respeitar as orientações de higiene e isolamento social, é necessário manter uma alimentação saudável e continuar praticando exercícios físicos mesmo dentro de casa. Se você já mantém uma rotina sadia de alimentação e atividade física, continue!

Se você é obeso ou está acima do peso, pode ser a hora de começar a se cuidar:

  • Evite alimentos industrializados!
  • Abuse das frutas, verduras e legumes.
  • Procure opções de grãos integrais: arroz, macarrão, pães.
  • Diminua a carne vermelha e consuma proteínas magras: ovos, peixes e frango.
  • Tome, pelo menos, 2 litros de água por dia.
  • Pratique, pelo menos 20 minutos de exercícios físicos por dia.

healthy food

Com essas medidas, você fortalece o seu sistema imunológico e garante mais qualidade de vida e disposição!

Aqui, nós disponibilizamos algumas opções de treinos para serem feitos em casa.

Procure pela ajuda de profissionais que estão oferecendo orientação online e cuide da sua saúde.

Para saber como se matricular na High Pulse, entre em nosso site e conheça nossas unidades.